terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Peito de Frango no Forno Recheado com Manteiga de Alho e Manjericão



Enquanto se prepara a ementa para o Reveillon, sabe bem degustar algo simples, saudável, aromático e delicioso! É como classifico este prato de peito de frango panado, assado no forno e recheado com manteiga aromatizada com alho e mangericão. A crosta ficou crocante, estaladiça, uma delícia! Triturei algumas tostas de pão integral para fazer o pão ralado.
Acompanhei o peito de frango com salada de rúcula e batatas assadas no forno, cortadas em rodelas finas e temperadas com sal, pimenta e paprica e regadas com um fio de azeite. Ficou uma delícia!

Peito+Frango+Recheado+no+Forno
 

Ingredientes
2  peitos de frango
1 ovo
1 fio de azeite
1 dente de alho
3 ou 4 folhas de manjericão
2 c. chá bem cheias de manteiga
Farinha de milho e pão ralado integral para panar q.b.
Sal, pimenta e sumo de limão q.b.


Modo de preparação
Tempere a carne com sal, pimenta de moinho e sumo de limão.
Faça uma abertura no interior de cada peito de frango e recheie com a manteiga misturada com o alho picadinho e as folhas de manjericão picadas.
Passe por farinha de milho, ovo e pão ralado.
Regue com um foi de azeite e leve ao forno pré-aquecido a 200º durante cerca de 20 minutos, ou até a carne estar tenra e a crosta crocante.

Bom apetite!

Um Ano Novo Muito Feliz para todos! Até 2015!

Tempo de preparação: 30 minutos; Dificuldade:**; Vegetariano: Não; Apto para crianças: Sim; Ingrediente principal: Frango; N.º de porções:2; Prato: Principal

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Borrego à Pastora


Esta receita é verdadeiramente deliciosa!
Para um resultado melhor, mais saboroso, recomendo a utilização de carne de borrego pequeno ou de cordeiro. O resto já se sabe, as gorduras principalmente as do tipo sebo têm de ser todas retiradas. Deixá-las na carne só contribuirá para lhe conferir um sabor desagradável e nós não queremos isso. Pretendemos uma refeição deliciosa, a carne tenra, bem aromatizada, irresistível e mágica, capaz de fazer ver ao mais relutante comensal que este Borrego è Pastora é uma iguaria divinal!

Borrego+à+Pastora+Serpa

Borrego+à+Pastora+Cozinha+Alentejana

Ingredientes
1,5 kg perna de borrego
1,5 dl azeite
2 folhas de louro
6 dentes de alho
1 dl de vinho branco
1 ramo de hortelã
1 ramo de salsa
200 g pão alentejano duro
Sal e pimenta q.b

Borrego à Pastora (Serpa)

Modo de preparação
Retire as gorduras à carne, corte-a em pedaços e coloque-a num tacho.
Cubra-a com água e tempere de sal.
Leve ao  lume e, com uma escumadeira, vá retirando a espuma que aparece à superfície até a água se apresentar limpa.
Adicione então o azeite, o louro e os alhos picados, o vinho e o ramo de salsa.
Tape e deixe cozinhar até a carne estar macia. 
Aromatize com algumas folhas de hortelã e retifique os temperos.
De seguida corte o pão em fatias e coloque-as no fundo da travessa onde vai servir.
Sobreponha-lhes o estufado de borrego e sirva.

Sugestão: Pode juntar umas batatinhas partidas aos quartos quando a carne já estiver quase cozida.

Borrego+à+Pastora
Bom apetite!

Tempo de preparação: 60 minutos; Dificuldade:**; Vegetariano: Não; Apto para crianças: Sim; Ingrediente principal: Borrego; N.º de porções:4; Prato: Principal

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Azeitonas Retalhadas à Alentejana e uma Curiosidade Engraçada



Quando penso no Natal, diversas imagens passam rapidamente pela minha mente. O ambiente único que se vive quando toda a família se reúne para apanhar a azeitona é uma dessas imagens, uma das mais fortes que associo a esta época.
Na apanha da azeitona, na qual algumas vezes participei, era habitual os homens subirem às árvores e varejarem a rama das oliveiras. As mulheres apanhavam a azeitona do chão e das zonas mais baixas das oliveiras.  Esta técnica foi totalmente ultrapassada. Atualmente as oliveiras são abanadas por máquinas que provocam a queda das azeitonas para redes estrategicamente colocadas debaixo das árvores.
Habituada a produtos caseiros e artesanais,  raramente gosto das azeitonas que existem à venda nos supermercados, a maior parte delas sujeitas a processos químicos que lhe alteram o sabor.
Antes de serem consumidas, as azeitonas precisam de ser adoçadas para perderem o ácido que lhes dá um sabor amargo.
Existem várias maneiras de adoçar e temperar as azeitonas por processos tradicionais. O método de preparar azeitonas retalhadas que aqui partilho convosco é o do meu Pai e, como não podia deixar de ser, é à moda do Alentejo. Tenho a certeza que vão gostar!

Azeitonas+Retalhadas+à+Alentejana

Azeitonas+Retalhadas+à+Alentejana

Ingredientes
Azeitonas verdes (por adoçar) q.b.
2 litros de água
85 g de sal
Casca de laranja, louro e orégãos q.b

Já me estava a esquecer que vos prometi uma curiosidade engraçada!
Antigamente preparava-se a salmoura adicionando o sal aos poucos. À água, juntava-se um ovo cru, de galinha do campo. Ia-se juntando um pouco de sal e mexendo, depois mais um pouco de sal, mexendo sempre. Quando o ovo viesse acima a salmoura estava pronta, mesmo no ponto!
Engraçado não acham? Vi fazer isto tantas vezes...
E sabiam que a salmoura preparada desta forma com ovos de galinhas de aviário fica demasiado salgada? É mesmo verdade!

Azeitonas+Retalhadas+à+Moda+do+Alentejo

Azeitonas+Retalhadas+à+Moda+do+Alentejo

Modo de preparação
Com uma faca muito afiada dê  3 ou 4 golpes em cada azeitona, até ao caroço, sem esmagar a polpa.
Coloque as azeitonas num recipiente e cubra-as com água e durante 12 dias mude a água diariamente.
Ao fim dos 12 dias esvazie o recipiente e depois comece por colocar uma camada de azeitonas, um pouco de casca de laranja, louro e orégãos. Coloque nova camada de azeitonas, um pouco de casca de laranja, louro e orégãos, repetindo a operação até esgotar as azeitonas.
Prepare a salmoura com 85 g de sal para cada 2 litros de água.
Dissolva muito bem o sal e depois deite a água no recipiente de modo a cobrir as azeitonas.
Deixe-as tomar o gosto durante 2 ou 3 dias e comece a comê-las!
Retire-as com uma colher  ou outro utensílio, evitando tocar com os dedos na água.

Antes de as servir pode experimentar temperá-las com um fio de azeite, alho picadinho e polvilhá-las com um pouco mais de orégãos. 
Se gosta de azeitonas, dificilmente esquecerá estas!
Azeitonas+Retalhadas+Temperadas+à+Moda+do+Alentejo

Azeitonas+Retalhadas+Temperadas+à+Moda+do+Alentejo

Bom apetite!


Tempo de preparação: 15 dias para adoçar; Dificuldade:**; Vegetariano: Sim; Apto para crianças: Sim; Ingrediente principal: Azeitona; N.º de porções:Não aplicável; Prato: Entradas

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Bolachas de Amêndoa para o "Dia Um...Na Cozinha"



Nunca tinha feito bolachas. Decidi-me por estas, com o tradicional sabor da amêndoa, por me parecer que se enquadravam bem na época natalícia. A banha tornou-as mais tenras, mais próximas dos sabores alentejanos que me aconchegam o estômago e acalmam o coração.

Se as estendermos com a massa fina ficam mais crocantes, ficam mais macias se lhe deixarmos a massa mais espessa. Gostei das duas versões.

Enfeitei algumas com chocolate e amêndoas. Outras, uni-as duas a duas com uma noz de chocolate derretido.

Depois de prontas provei-as e, pela primeira vez este ano, senti que o Natal estava a chegar. Delicadas e crocantes em forma de estrela e de coração. Excelentes para oferecer no Natal, são um presente guloso e carinhoso!


Bolachas+de+Amêndoa
Bolachas+de+Amêndoa
Bolachas+de+Natal+com+Amêndoa


Para a massa
200 g de farinha
90 g de açúcar
25 g de manteiga
20 g de banha
1 ovo
25 g de amêndoa pelada

Para decorar
Clara de ovo, amêndoa e chocolate q.b.


Bolachas+de+Natal+com+Amêndoa


Bolachas+de+Natal

Modo de preparação
Bata o ovo com o açúcar.
Amasse as gorduras com a farinha e a amêndoa picada até estar tudo bem ligado.
Divida a massa em bocados, estenda-os com o rolo sobre a pedra enfarinhada e, com uma forma apropriada, corte as bolachas.
Coloque as bolachas em tabuleiros untados com banha, pincele-as com clara de ovo ligeiramente batida e decore com bocadinhos de amêndoa.
Coza em forno pré-aquecido a 200º.
Depois de frias pode derreter um pouco de chocolate para decorar a gosto.


Com estas bolachinhas participo na 19ª edição do Dia Um...Na Cozinha, cujo tema é Bolachas de Natal. Espero que gostem!

O Natal está a chegar ...


Bolachas+de+Natal+com+Amêndoa

Bom Natal!

Tempo de preparação: 60 minutos; Dificuldade:**; Vegetariano: Não; Apto para crianças: Sim; Ingrediente principal: Amêndoa; N.º de porções: Cerca de 100 bolachas(dependendo do tamanho de cada uma); Prato: Bolachas

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Montaditos de Queijo Chèvre no Forno

Porque será que muitas das vezes, quando comemos fora de casa, nos parece que a comida tem outro sabor que nos sabe melhor?
Será por causa do ambiente que nos rodeia? Pela expectativa de vermos a apresentação, sentirmos o aroma, o paladar? Por sermos servidos em vez de sermos nós a servir? Pela companhia?
O certo é que comi uns montaditos num restaurante que aposta na vertente gourmet que me souberam particularmente bem! Não vi como os cozinharam, mas reproduzi-os com muita facilidade. Em tudo ficaram muito idênticos aos que comi no tal restaurante.
E não é que em casa ainda me souberam melhor? Acreditem, é mesmo verdade! Talvez fosse o meu estado de espírito, a forma como reparei e tratei dos pormenores, não sei explicar ao certo.
Escolhi cuidadosamente a toalha, a loiça, os talheres, os copos, tudo… O dia estava lindo, a luz magnífica!
A companhia? Foi a mesma que tive no restaurante e melhor era impossível!
Bem, aqui ficam as indicações para o caso de quererem experimentar estes montiaditos de queijo chèvre. Como entrada são excelentes! 
Montaditos+de+Queijo+Chèvre

Montaditos+de+Queijo+Chèvre+Tomate+e+Courgette


Para 2 pessoas
3 rodelas de queijo chèvre com cerca de 1 cm de altura 
6 rodelas de tomate
12 rodelas de courgette
Azeite e orégãos q.b.



Montaditos+de+Queijo+Chèvre

Montaditos+de+Queijo+Chèvre

Modo de preparação
Num pirex ou travessa de ir ao forno disponha 6 rodelas de courgette e em cima de cada uma delas coloque 1 rodela de tomate, nova rodela de courgette e termine com metade de uma rodela de queijo.
Regue com um fio de azeite e polvilhe com orégãos.
Leve durante cerca de 15-20 minutos ao forno pré-aquecido a 180º.
Sirva quente.
Montaditos+de+Queijo+Chèvre+Tomate+Courgette+e+Orégãos

Bom apetite!

Tempo de preparação: 30 minutos; Dificuldade:*; Vegetariano: Não; Apto para crianças: Sim; Ingrediente principal: Queijo chèvre; N.º de porções: 2; Prato: Entradas

terça-feira, 18 de novembro de 2014

As Minhas Castanhas Assadas São Tão Quentinhas e Tão Boas!



Castanhas+Assadas

Castanhas+Assadas
 Castanhas+Assadas

Eu sei, eu sei que o dia de São Martinho já passou, mas cá por casa continuamos a saborear esta maravilhosa iguaria sem que haja qualquer sinal de saturação! Que hei-de eu fazer?

De grande versatilidade, pode-se comer cozida, assada, em puré, na sopa, como acompanhamento de carne assada ou em doce. Antes da chegada da batata à Europa e à sua difusão generalizada, ocorrida no séc. XVII, a castanha servia de base à alimentação.
O dia de São Martinho está historicamente associado à prova do vinho novo. A água-pé é obtida a partir da água adicionada ao bagaço da uva, donde se retira o resto do mosto que aí se mantém. Pode ser consumida em plena fermentação ou adicionando-lhe um pouco de álcool.

Castanhas+Assadas

Confesso que as castanhas assadas fazem as minhas delícias quer sejam assadas no carvão pelos típicos vendedores que perfumam as ruas com o seu aroma, quer sejam assadas em casa no forno elétrico, num assador de barro, de metal ou nas brasas da lareira. Acompanhadas com um cálice de jeropiga, água-pé (cada vez mais difícil, de encontrar), moscatel ou outro vinho, a gosto, sabem mesmo bem!

Vinho+Tinto+Doce+da+Quinta+do+PôpaQuerem saber qual é o meu preferido? É o Vinho Tinto Doce da Quinta do Pôpa! Acompanha muito bem castanhas, queijos amanteigados e é excelente consumido à refeição por quem diz não ser apreciador de vinho. Após experimentar este, segue-se inevitavelmente toda uma viagem de exploração ao mundo da arte de apreciar vinhos.

Bem, vamos agora olhar para as castanhas que vos apresento nestas fotos.
O processo que utilizei para as assar  não tem qualquer segredo, é o que toda a gente conhece. Fiz um corte em cada uma delas, coloquei-as na chapa dos grelhados, com a chama não muito alta, e deitei-lhes um pouco de sal. Contrariamente ao habitual, preferi utilizar sal de mesa que deitei na zona dos cortes à medida que estes iam abrindo um pouco mais, apenas porque me pareceu que seria mais fácil de colocar. Com o auxílio duma pinça fui-lhes dando a volta com regularidade para não as deixar queimar e cerca de 15 minutos depois estavam macias, prontas para comer, com o aspeto que aqui se vê.
Ficaram tão boas que não resisti à tentação de partilhar o momento convosco.
Espero ter aguçado muito o vosso apetite!



Castanhas+Assadas

Tempo de preparação: 20 minutos; Dificuldade:*; Vegetariano: Sim; Apto para crianças: Sim; Ingrediente principal: Castanha; N.º de porções: Não aplicável; Prato: Petisco

sábado, 1 de novembro de 2014

Compota de Uvas com Moscatel para o Dia Um ...Na Cozinha



A compota que hoje partilho convosco, foi feita com ingredientes típicos da cozinha portuguesa, uvas Red Globe da região do Alentejo, vinho Moscatel de Setúbal, canela e limão.
É com esta iguaria que participo na 18.ª edição do "Dia Um...Na Cozinha", cujo tema se intitula Doces e Compotas.
 
Cá em casa degustou-se, aprovou-se e tornou-se a degustar de tal modo que já só resta um pouquinho no fundo do frasco. Vou ter todo o prazer em fazer mais!
Espero que gostem!
 
Compota+de+Uvas+com+Moscatel
Compota de Uvas com Moscatel


Ingredientes
500 g de uvas descaroçadas (usei Red Globe)
250 g de açúcar amarelo
1 pau de canela
1 cálice de vinho Moscatel
casca de 1 limão ralado 

Compota de Uvas com Moscatel

Compota+de+Uvas+com+Moscatel

Compota+de+Uvas+com+Moscatel

Modo de preparação
Lave as uvas, retire-lhes as sementes e parta-as aos quartos.
Coloque todos os ingredientes num tacho e leve ao lume.
Com uma colher esmague um pouco algumas uvas, sem as desfazer.
Deixe ferver em lume brando,  mexendo de vez em quando, até obter o ponto de estrada. Tenha cuidado para não deixar passar do ponto e engrossar demasiado.
Assim que obtiver o ponto desejado (faça o teste num pires)  retire do lume e deixe arrefecer um pouco.
Distribua o doce por frascos de vidro que vedem hermeticamente.

Compota+de+Uvas+com+Moscatel

Compota+de+Uvas+com+Moscatel

Bom apetite!

Tempo de preparação: 60 minutos; Dificuldade:*; Vegetariano: Não; Apto para crianças: Sim; Ingrediente principal: uvas; N.º de porções: 1 frasco; Prato: Compotas

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Mousse Perfumada de Menta e Chocolate


A mousse de chocolate é um doce tradicional que teve origem em França. Diz-se que a receita foi criada no início do século XX por Henri Toulousse-Lautrec, que a designou originalmente de "maionese de chocolate". A mousse au chocolat se tornou-se numa das principais sobremesas da França.

O que pensaria Toulouse-Lautrec se tivesse tido a possibilidade de provar esta deliciosa mousse? O aroma da menta, combinada com o chocolate, certamente lhe serviriam de inspiração para a criação de novos quadros. Afinal, pintura e culinária constituem duas formas de arte que se conjugam na perfeição! 

Vou indo, tenho uma tacinha de mousse à espera!
São servidos?

Espero que gostem!

Mousse+de+Chocolate+com+Menta


Para 4 pessoas

100 g de chocolate After Eight
200 g de chocolate para culinária
5 ovos
50 g de açúcar
50 g de manteiga





Modo de Preparação

Bata as gemas com o açúcar, deixando de parte 1 c. de sopa, até obter um creme esbranquiçado.
Derreta o chocolate para culinária e a manteiga no microondas durante cerca de 1 minuto. Se não for suficiente, vá adicionando mais tempo, pouco a pouco, até estar derretido.
Adicione os chocolates After Eight, mexendo bem até derreterem.
Junte o chocolate ao preparado de gemas e açúcar.
Bata as claras em castelo firme, com a colher de sopa de açúcar, e envolva-as no preparado de chocolate.
Coloque numa taça ou em várias taças pequenas e leve ao frigorífico.
Sirva a mousse fresca e decorada a gosto.

Bom apetite!


Informações adicionais:
- tempo de preparação: 30 minutos
- dificuldade: *
- vegetariano: não
- apto para crianças: sim
- ingrediente principal: chocolate
- nº de porções: 4
- sobremesa

domingo, 19 de outubro de 2014

Fajitas de Frango


Aqui deixo uma receita que me agrada muito!
As fajitas consistem num delicioso prato de origem mexicana que surgiu no ano de 1930 entre os trabalhadores mexicanos do Texas, nos Estados Unidos da América,  que preparavam para o seu almoço uma combinação de carnes com vegetais servidos em tortilhas.
Hoje em dia, fajita é um termo genérico utilizado na culinária e que se refere a carne grelhada servida numa tortilha de milho ou farinha.
A receita que aqui apresento é baseada numa receita do Jamie Oliver, retirada do livro Refeições em 15 Minutos, com ligeiras alterações que a tornam mais ao gosto dos comensais cá de casa. Este livro, que adoro, veio introduzir várias modificações à minha forma de cozinhar e levou-me a preparar deliciosas refeições com ingredientes e sabores diferentes do habitual. E que grande aceitação têm tido!
Espero que gostem!

 Fajitas+de+Frango


Para 4 pessoas

Molho
½  pimento cortado
1 cebola média cortada em quartos
1 tomate grande maduro
1 raminho de coentros
1 malagueta
Sumo de 1 lima ou limão
2 c. chá de vinagre balsâmico
1 c. de sopa de molho de soja

Fajitas
200 g de peito de frango sem pele
1 c. de chá de pimentão-doce
1 c. de sopa azeite
Sal, pimenta q.b.

Arroz e feijão
Arroz branco q.b
400 g de feijão cozido (usei feijão preto)
1 c. de sopa de azeite
Cominhos q.b.
Sumo de lima ou limão q.b.

Para servir
4 tortilhas mexicanas
1 iogurte natural magro
Queijo Feta q.b.




Modo de preparação

Coloque os ingredientes do molho no liquidificador, adicione 2 c. de sopa de água a ferver e triture tudo até obter um creme aveludado. Se necessário, adicione mais um pouco de água quente. Deite o preparado para uma taça e reserve.

Coloque o frango sobre uma folha de papel vegetal  e tempere-o com sal, pimenta e o pimentão-doce.
Dobre o papel e comprima o frango, com o rolo da massa, até ficar com cerca de 1,5 cm de espessura.
Coloque o frango numa frigideira com a colher de sopa de azeite e deixe-o cozinhar até estar bem dourado de ambos os lados.

Num tacho, coloque os feijões, escorridos, com uma colher de sopa de azeite e uma pitada de cominhos e, se gostar, pode adicionar um pouco de malagueta. Deixe cozinhar até os feijões estarem estaladiços.

Adicione os feijões ao arroz branco e tempere com sumo de lima ou de limão.

Aqueça as tortilhas numa frigideira anti-aderente.

Corte o frango em tirinhas e sirva-o com os vegetais grelhados, o arroz com o feijão e as tortilhas.
Por cima deite colheradas de iogurte e queijo Feta esfarelado.

Informações adicionais:
- tempo de preparação: 45 minutos
- dificuldade: *
- vegetariano: não
- apto para crianças: sim
- ingrediente principal: frango
- nº de porções: 4
- prato principal